Gabriela, sapatão!

Era sábado à noite. Estávamos nos preparando para dormir, ajeitando os lençóis, desligando o notebook e fechando a janela quando ouvimos os gritos desesperados de um ébrio que passou na frente de nosso prédio:

“Gabriela, sapatão! Gabriela, sapatão!”

Como o edifício onde morávamos era o único naquela parte da avenida, o sujeito só podia estar gritando para alguém que era nosso vizinho.

“Será se era pra Gabi do 21?” Perguntou minha esposa.

“Provavelmente…”

Gabi era uma moça de pouco mais de trinta anos que havia abandonado o namorado para ficar com o seu grande amor, Jucélia, uma coroa fogosa vinte anos mais velha. Lembro que cheguei a conhecer o tal namorado, era um sujeito bem alto, de porte atlético, olhar lerdo e com uma daquelas personalidades que estão mais interessadas, com diz o ditado, em saber quem tem e quem não tem…

Agora estava como que desesperado na tentativa de atingir a reputação da moça.

Soubesse ele que a sua Gabriela tinha saído com a namorada poucas horas antes e provavelmente estaria num motel chupando uma buceta de pentelhos brancos como uma menina chupa uma bala de chocolate, talvez pensaria dez vezes antes de sair por ai gritando como um louco, jogando a sua dignidade no asfalto pútrido daquela cidade empestada de mendigos.

Mas muitos machos são assim, preferem pensar com o esperma que há em seus sacos e se rebaixam a condição de animais.

“Gabriela, sapatão! Gabriela, sapatão!” Aos poucos os gritos de ébrio foram se perdendo no silêncio intermitente da madrugada.

“Esse ganhou o selo de babaca do mês” Disse para minha companheira antes de me cobrir e fechar os olhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s